VIDAS IMPERFEITAS

Como prometido vou iniciar uma tradição aqui no blog e toda segunda falarei de um quadrinho nacional(pelo menos ate a minha preguiça permitir), hoje falarei de vidas imperfeitas uma hq de autoria de Mariana Cagnin, destaco o fato dessa ser a primeira obra da autora que começou como um fanzine independente e acabou chamando atenção da editora HQM que publicou a obra toda num total de 3 edições.

Primeiramente gostaria de dar os parabéns para autora por ter concluído sua obra, pois infelizmente a realidade do autor brasileiro é que tem muita gente que fala e não faz, é muito comum o autor lançar o numero um da sua obra e ficar nisso mesmo, e também essa obra conseguiu falar com o publico brasileiro de uma maneira interessante, geralmente quando eu digo isso as pessoas entendem que tem que fazer historia do saci perere, mas chega de arrolação e vamos ao que interessa

Vidas imperfeitas conta a historia de jun uma garota determinada que precisa lidar com os problemas da vida como escola e família.

A primeira coisa que chama a atenção é a jun ela foge bastante do esteriótipo de menina de mangá de romance “me note sempai”, sendo bem terminada e ate mesmo violenta mas sem perder sua feminilidade, a trama começa se desenrolar quando Daniel entra na vida de jun, o relacionamento dos dois é bem interessante no inicio fiquei em duvida sobre o caráter dele, a historia conta com uma gama de personagens bem carismáticos mas nem todos são muito bem aproveitados como a melhor amiga de jun Suzana que acaba ficando meio apagada na historia, outra coisa que gostei bastante foi o tom comigo em certas partes da obra pra min um dos pontos positivos da autora

Por fim o que mais me prendeu na obra foi a questão da relação da jun com o pai é nesses momentos que eu como leitor acabo imergindo na historia de uma maneira que aquilo me emociona de uma maneira muito pessoal, afinal quem nunca teve problemas com os pais, o final da obra é bem satisfatório apesar de deixar aquela sensação de querer saber o que aconteceu com cada um dos personagens

Sobre a arte ela tem uma pegada um pouco mais realista, o que é algo que me agrada mas pra min o ponto algo são as capas coloridas que são absurdamente lindas a colorização é muito bonito se não me engano é feita com aquarela

Se vocês ficaram interessados podem ler vidas imperfeitas aqui

A autora também tem um canal no youtube

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s